Pomada para Corrimento vaginal, Tratamento, Nomes

Quando acontecem os corrimentos vaginais, muitas mulheres naturalmente sentem alguma preocupação, pois tanto pode ser algo passageiro como pode ser sintomas de problemas graves. Por isso, é importante que o público feminino fique atento para possíveis sintomas que possam de fato preocupar no que diz respeito ao corrimento da vagina.

Vamos então, dar nossa parcela de contribuição para aquelas mulheres que alimentam algum dúvida sobre quando se preocupar com esse tipo de constrangimentos e quando elas precisarão buscar pela ajuda de um ginecologista que dependendo do problema recomendará uma pomada para corrimento vaginal adequada ao problema a ser tratado.

Causas

Em geral, o corrimento vaginal é provocado por algum tipo de alteração no equilíbrio da flora vaginal. É preciso entender que algumas bactérias habitam naturalmente o local agindo como defesa contra infecções, mas quando alguma condição favorece o desequilíbrio, de amigas, essas bactérias podem se transformar em inimigas para a saúde feminina.

Algumas possíveis causas que contribuem para o corrimento na vagina:

  • Descuidos com a higiene,
  • Relações sexuais sem o uso de preservativos quando se trata de mulheres com mais de um parceiro,
  • Uso de agentes alergênicos como a ducha higiênica, banhos de espuma, geleias contraceptivas, perfumes, entre outros,
  • Agentes infecciosos causadores de doenças sexualmente transmissíveis,
  • Problemas dermatológicos como Dermatite Atópica ou Psoríase,
  • Uso de produtos que alteram o pH da vagina,
  • Atrofia Vaginal que causa o afinamento e ressecamento das paredes da vagina no período da menopausa,
  • entre outras causas.

Sintomas Apresentados

Toda mulher pode apresentar alguma secreção na vagina. O que é preciso entender é que quando o corrimento é anormal existe uma alteração no volume e na cor do corrimento e, além disso, quando é caso preocupante ele também pode apresentar mau odor.

Quando o corrimento passa a merecer uma atenção especial os sintomas costumam ser os seguintes:

  • O corrimento se apresenta em maior volume,
  • Quando o corrimento umedece as vestes íntimas todos os dias podendo por vezes alcançar as roupas externas,
  • Quando o corrimento passar de uma cor branca cristalina ou opalescente para uma cor amarelo semelhante ao pus ou amarelo-acinzentado ou amarelo-esverdeado ou ainda para uma cor branca-amarelada.
  • Quando o corrimento apresentar odor fétido especialmente após o coito ou no final do ciclo menstrual.

Além disso, a mulher deverá se preocupar quando ocorrer:

  • Coceira na região da vagina,
  • Dor pélvica,
  • Dor durante o coito,
  • Ardor na região vaginal inclusive no momento de urinar.

Pomada Metronidazol

Metronidazol é uma pomada para corrimento vaginal na forma de geleia vaginal que pode ser muito recomendada pelos médicos, pois trata-se de um medicamento com ação anti-infecciosa bastante eficaz no combate a Tricomoníase, porém, deve ser usado com cautela e sempre segundo a recomendação médica.

Substância ativa nesse medicamento – cada 5 gramas da geleia vaginal contém 500 mg de Metronidazol.

Como usar esse medicamento – as aplicações com a ajuda do aplicador devem ser feitas preferencialmente no período da noite antes de ir para a cama. O tratamento deve persistir por até 20 dias seguidos, de acordo com a recomendação médica.

É preciso encher o aplicador com a geleia e colocá-la fundo na vagina.

Efeitos adversos – esse medicamento pode em algumas situações, causar efeitos adversos bem preocupantes. Por isso, se algo de errado surgir com o uso do medicamento e persistir, melhor é descontinuar o tratamento e avisar o médico.

Valor desse medicamento – a embalagem com 55 gramas de pomada Metronidazol na forma de geleia vaginal tem um valor aproximado de R$ 28,00 reais.

Pomada Clotrimazol

A pomada Clotrimazol é um medicamento encontrado no mercado que que é bastante recomendado para tratar das infecções genitais, corrimento vaginal infeccioso causado por fungos, Tricômonas e também as infecções causadas por bactérias sensíveis ao Clotrimazol.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama dessa pomada contém 10 mg de Clotrimazol.

Como usar esse medicamento – a pomada vaginal deve ser aplicada com a ajuda do aplicador na dosagem de 5 gramas por dia, sempre no período da noite. O medicamento deve ser aplicado o mais fundo possível na vagina por um período de 6 dias consecutivos.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso desse medicamento pode causar reações alérgicas como prurido, erupções cutâneas e dor.

Valor desse medicamento – a embalagem com 35 gramas de pomada vaginal Clotrimazol com mais 6 aplicadores tem um valor aproximado de R$ 41, 00 reais.

Pomada Nitrato de Miconazol

Nitrato de Miconazol é mais uma opção como pomada para corrimento vaginal que o médico ginecologista poderá recomendar. Esse medicamento tem ação anti-fúngica de amplo espectro podendo agir também sobre os dermatófitos e leveduras presentes nos homens.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama dessa pomada na forma de creme vaginal contém 20 mg de Nitrato de Miconazol.

Como usar esse medicamento – deve-se aplicar 5 gramas do medicamento, o equivalente a 1 aplicador, bem no fundo da vagina, 1 vez ao dia sempre antes de ir deitar. As aplicações devem ser feitas por 2 semanas consecutivas, sempre no mesmo horário.

Efeitos adversos nesse medicamento – em geral, esse medicamento é bem tolerado, mas podem surgir alguns efeitos adversos de origem alérgica como vermelhidão, coceira ou dor no princípio do tratamento que tem a tendência de desaparecer na medida que o tratamento avança.

Valor desse medicamento – a embalagem com 80 gramas de pomada na forma de creme vaginal de Nitrato de Miconazol e mais 14 aplicadores tem um valor aproximado de R$ 27,00 reais.

Tratamento em Comprimido

Na forma de comprimidos para combater o corrimento vaginal causado por infecções podemos destacar as seguintes opções:

  • Metronidazol na forma de comprimidos – cada comprimido revestido contém 250 mg de Metronidazol,
  • Cetoconazol na forma de comprimidos – cada comprimido contém 200 mg de Cetoconazol.